O que é um check-up de saúde?

O check-up é uma avaliação médica que considera a faixa etária do indivíduo, sexo e as condições de vida que ele tem. São avaliados diversos aspectos da saúde física e mental do sujeito, considerando as diferentes etapas da vida. Para isso, são realizados diversos exames, mas é feita uma avaliação completa, incluindo as condições sociais, familiares, ambientais e profissionais da vida do paciente.

Ou seja, o check-up é uma investigação feita pelo médico sobre como está o estado de saúde do paciente, considerando diversos aspectos da vida da pessoa. Ele é uma atividade de caráter preventivo, fundamental para a manutenção da qualidade de vida.

Além disso, o check-up envolve a avaliação dos hábitos de vida do sujeito, com o objetivo de estimular padrões saudáveis, como a prática de atividade física, a manutenção de uma alimentação correta e a realização de um acompanhamento em saúde mental, com a avaliação de um psicólogo. Assim, a pessoa tem acesso ao cuidado integral, sendo abordada de forma a englobar as várias áreas da vida ligadas ao bem-estar.

Qual a importância de um check-up periódico?

Muitos problemas e doenças podem ser detectados em seus estágios iniciais quando é feito um check-up de saúde. Quando uma doença é diagnosticada e tratada no começo, as chances de cura são muito maiores do que se o mal é identificado em um momento mais avançado.

Além disso, o check-up possibilita a realização de um trabalho preventivo, pois qualquer condição anormal pode ser vista com antecedência, evitando que um problema de saúde se desenvolva.

Por exemplo, ao identificar elevados níveis de glicose no sangue, devido à uma dieta com açúcares em excesso, o paciente pode alterar sua alimentação para corrigir a questão, evitando assim a ocorrência de uma diabetes. A prevenção é uma condição básica para garantir mais qualidade de vida e longevidade.

O check-up deve ser periódico, pois, com a passagem do tempo e com as mudanças nas condições de vida, o organismo pode sofrer alterações. Basta pensar que o corpo já não responde da mesma maneira quando a pessoa envelhece.

Quais são os exames mais importantes para cada idade?

Cada idade exige a realização de exames específicos. Veja a seguir alguns dos mais importantes.

Teste do pezinho (ao nascer)

O teste do pezinho permite detectar uma série de doenças, como deficiência de biotinidase, hiperplasia adrenal congênita, fibrose cística, doenças falciformes, rubéola, toxoplasmose, hipotireoidismo congênito e várias outras doenças genéticas, infecciosas ou metabólicas. Muitos desses problemas podem causar lesões irreversíveis, como problemas mentais.

Teste para anemia (a partir dos dois anos)

O teste é feito por meio de um exame de sangue. A anemia pode causar fraqueza e atraso no desenvolvimento da criança, sendo por isso tão importante diagnosticá-la o mais cedo possível. A partir dos dois anos, as crianças que apresentam família com histórico de doenças cardiovasculares devem fazer também exames de sangue para avaliar a glicemia e o colesterol.

Hemograma (a partir dos dezoito anos)

O exame de sangue deve ser feito pelo menos anualmente para avaliar os índices de vitaminas, sais minerais, colesterol, glicose e hormônios no sangue. Esse exame consegue dar uma visão sistêmica do corpo, permitindo identificar sinais de doenças ou disfunções.

Avaliação cardiológica (a partir dos dezoito anos)

Acompanhar a saúde do coração é muito importante a partir da idade adulta. A realização de exames, como ecocardiograma e eletrocardiograma, é importante para prevenir doenças e tratar com rapidez qualquer anomalia que for notificada.

Colonoscopia (dos trinta aos quarenta anos)

A colonoscopia é importante para identificar doenças no intestino. A regularidade do exame é apontada pelo médico, dependendo do caso.

Exame de próstata (a partir dos 40 anos)

Para os homens com mais de 40 anos, é importante fazer o exame de próstata anualmente. Isso porque o risco de ocorrer câncer nessa área do corpo aumenta muito. Com um diagnóstico precoce, as chances de cura são maiores.

Mamografia (a partir dos 35 anos)

Entre os 35 e 40 anos, a mulher deve fazer a primeira mamografia, para identificar se há a existência de algum nódulo e, a partir daí, essa avaliação deve ser realizada anualmente. É recomendado que a mulher repita o autoexame dos seios, sempre após a menstruação, em qualquer idade.

Densitometria óssea (a partir dos 40 anos)

A densitometria óssea serve para verificar a densidade dos ossos e deve ser realizada para verificar a ocorrência de osteoporose. Quem tem a doença passa a ter mais risco de lesão e fratura aos 40 anos, por isso o exame deve ser realizado nessa faixa etária.

Para se manter bem, saudável e disposto, é importante ter uma série de cuidados. Fazer o check-up de saúde permite realizar um trabalho preventivo e também o diagnóstico de doenças em momentos que favorecem a obtenção da cura. Além disso, é importante também incluir hábitos de vida saudáveis na rotina, como a prática de exercícios físicos e a manutenção de uma alimentação balanceada.

Com a realização dos exames adequados e de um bom acompanhamento médico, é possível aproveitar melhor a vida e ter mais disposição para desempenhar suas atividades. Com ações preventivas e as providências adequadas, você tem mais bem-estar e qualidade de vida.

E então, gostou de se informar sobre o check-up de saúde? Aproveite e siga-nos nas redes sociais! Estamos no Facebook e Twitter!